Pular para o conteúdo
MOVIMENTO

Movimento dos entregadores por aplicativo em Goiânia fará paralisação nesta sexta

Igor Dias*, de Goiânia, GO
Filipe Araujo/Fotos Publicas

Movimento dos entregadores por aplicativo em Goiânia fará paralisação nesta sexta, dia 30 de Abril.

Entregadores se amontoam em um sofá improvisado, as motos e bicicletas estacionadas espalhadas pela rua S-6  no setor Bela Vista em Goiânia, às vezes rola uma coca ou um café patrocinado pelo restaurante ou resultado de uma vaquinha dos próprios entregadores, mas o que não falta mesmo é a conversa que está virando revolta. O preço de tudo sobe! A gasolina, a manutenção da bicicleta, menos a taxa repassada pelo aplicativo aos entregadores. 

Um entregador recebe o chamado pelo app e ao invés de pegar o lanche e partir para o destino ele se indigna e mostra para os colegas uma entrega muito longe e com um valor muito baixo.

Os entregadores de aplicativo prestam um serviço essencial para a população goianiense, não pararam durante a pandemia, se arriscam no trânsito caótico de Goiânia, faça chuva ou faça sol, eles estão levando a comida de quem pode fazer home office. Eles merecem respeito e valorização, infelizmente os aplicativos que exploram o trabalho desses motoqueiros e ciclistas não pensam assim.

Não existe o mínimo! Eles estão abandonados à própria sorte! Em Goiânia não existe nenhum ponto de apoio para os entregadores tomarem água, carregar o celular ou se abrigar do sol e da chuva. As empresas de aplicativos não fazem reajustes das taxas e, no meio da pandemia, eles não ganham das empresas nem máscaras e álcool em gel. Caiado colocou os policiais na prioridade da vacina em Goiás mas se esqueceu dos entregadores que prestam um importante serviço para a população.

Todo esse descaso gera muita reclamação, mas um grupo de entregadores de Goiânia resolveu acompanhar a onda de protestos nacionais e organizar essa reclamação em revolta, eles já fizeram uma mobilização e agora estão organizando a segunda paralisação para o dia 30 de abril.

O Coletivo Sindical e Popular Travessia é um dos apoiadores desse movimento e além da divulgação do ato que está sendo feita, fará também a transmissão do ato ao vivo em suas redes sociais.

O grito é por dignidade e respeito! Todos os trabalhadores precisam apoiar esse movimento! Quem for de Goiânia não faça pedidos no dia 30, divulgue a mobilização em suas redes sociais, avalie mal os aplicativos na internet.  Mais do que nunca, os entregadores de Goiânia precisam do seu apoio.

O ato será transmitido ao vivo pela página do EOL.
 

Confira a nota de convocação dos entregadores:

🛵 MOBILIZAÇÃO DOS ENTREGADORES DE APP EM GOIÂNIA 🚲 

Dia 30 de abril vai ter mais um capítulo da luta dos entregadores de aplicativos por dignidade.

As empresas que controlam os aplicativos não disponibilizam nenhum ponto de apoio com banheiros e água, não disponibilizam máscaras e álcool para proteger a saúde dos entregadores e não fazem reajustes, com a alta inflação na gasolina e em todos os produtos a situação dos entregadores pioram a cada dia.

A luta é por:

🔥 Melhores taxas

🔥 Pontos de apoio 

🔥 Fim dos cancelamentos indevidos

🔥 Combustíveis mais baratos

🔥 Itens de combate a pandemia e vacina para todos!

Eu apoio essa luta! E você?

Dia 30

Quem for entregador, manifeste-se.

Quem não for, não faça pedidos dia 30!

#apoioaosentregadores

#queremosumataxamelhor


*Igor Dias, do coletivo sindical e popular Travessia de Goiânia