Incêndio destrói rádio comunitária do MTST no Capão Redondo, em São Paulo

MTST

No final da tarde desta quinta-feira, 24 de janeiro, um incêndio, de causas ainda não apuradas, destruiu por completo a Rádio Libertadora Sem Medo, localizada no bairro do Capão Redondo, periferia de São Paulo.

A rádio comunitária do MTST já foi noticiada pela Rede Brasil Atual e a TVT, em 2017, como um importante veículo de informações da Ocupação Povo Sem Medo do Capão – MTST e as 1.500 famílias pertencentes ao movimento.

É importante destacar que a rádio produzia uma programação musical diversificada desde reggae, passando por rap e sertanejo, além de entrevistas, notícias da região e programas esportivos.

Nildo Reggae, locutor da rádio, comentou que o nome foi uma homenagem a Carlos Marighella que, em 1969, leu um manifesto contra a ditadura militar ao controlar a Rádio Nacional.

O incêndio destruiu por completo todos os equipamentos e a estrutura que estava sendo reformada pelos próprios militantes do movimento e a partir de doações. Foram perdidos mesa de som de oito canais, dois computadores completos, microfones, fone de ouvido profissional, transmissores de FM, cabos de som e de transmissão, filtros de energia, caixas de som, cadeiras e mesas, além de toda a estrutura do espaço físico da rádio. Um mutirão já está sendo realizado para a limpeza e organização do local.

O MTST aguarda maiores informações sobre as causas do incêndio e fará, posteriormente, uma campanha colaborativa para a reconstrução do espaço, em alvenaria. A Libertadora Sem Medo se mantém firme na resistência por uma comunicação para além das mídias tradicionais e que seja plenamente libertadora e veículo de construção do poder popular.

 

Link da campanha para reconstruir a rádio e para a compra de equipamentos:

http://vaka.me/456210

 

Comentários no Facebook

Post A Comment