Conferência do M-LPS debaterá unificação com a Resistência

Da redação, com informações do M-LPS

Nos próximos dias 25, 26 e 27 de maio, o M-LPS (Movimento Luta Pelo Socialismo) realizará a Conferência Nacional Humberto Belvedere in memoriam. A abertura da Conferência será em ato público aberto no dia 25 de maio, a partir das 19h, na sede do Sindicato dos Vidreiros do Estado de São Paulo (Av. Rangel Pestana, 1.189, Brás).

O nome da Conferência é uma homenagem ao camarada Humberto Belvedere, fundador do M-LPS, que faleceu alguns meses depois da constituição da organização. Bel, como era chamado,  era um veterano militante, desde a década de 1960, e fonte de inspiração para a organização, que tem atuação em diversos estados do País e constrói o PSOL.

A Conferência debaterá a situação política nacional e internacional, balanço, perspectivas e a proposta de unificação com a mais nova organização da esquerda socialista no Brasil, a Resistência. “Após um ano de existência e tendo participado das principais lutas neste período, é hora de fazer um balanço e discutir o futuro numa complexa conjuntura nacional e internacional”, anuncia a convocatória da Conferência, no site do M-LPS.

O M-LPS foi formado em maio de 2017, dois meses após uma ruptura com a organização Esquerda Marxista. Desde então, a organização manteve um processo de debates e de produção de textos em conjunto com o MAIS e a NOS, organizações que se fundiram em 30 de abril, para formarem a Resistência.

Pouco depois do Congresso de Fusão, o MLT (Movimento de Luta dos Trabalhadores), organização de jovens trabalhadores e estudantes de São Paulo, aprovou o ingresso na Resistência.

FOTO: José Carlos Miranda, do M-LPS, no ato político de lançamento da Resistência

SAIBA MAIS

Nasce a “Resistência”, nova organização política da esquerda brasileira

Comentários no Facebook

Post A Comment