Bloco filhos de Tcha Tcha é reprimido pela polícia em Belo Horizonte

PMMG É TIRO, PORRADA E BOMBA NO CARNAVAL DE BH!

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) segue, como sempre, reprimindo o carnaval e os pobres de Belo Horizonte.

Hoje, segunda-feira de carnaval, o bloco Filhos de Tcha Tcha realizou um cortejo emocionante pelo Vale das Ocupações do Barreiro (Ocupações Eliana Silva, Irmã Dorothy, Camilo Torres e Paulo Freire), e recebeu, na dispersão, um show do pessoal do “Lá da Favelinha”, lindo projeto de inclusão social de jovens através da arte, em especial o funk.

Tudo transcorreu bem, mais de 10 horas de carnaval sem assaltos, sem violência, nenhuma confusão e, para isso, sem necessidade da PMMG.

Aparentemente, essa situação desesperou o comando da PMMG, que resolveu, já no final da festa, barbarizar e massacrar os foliões, sem nenhuma justificativa ou tentativa prévia de diálogo.

A força desproporcional incluiu, contra pessoas indefesas que apenas celebravam, tiros de balas de borracha, pancadas de cassetetes, jatos de spray de pimenta, muitas bombas de efeito moral e até na prisão de pessoas inocentes. Na reta da tropa enraivecida, crianças, mulheres, pessoas de todas as idades cujo sua única transgressão era celebrar um Carnaval junto às ocupações urbanas que são símbolo de luta por uma sociedade mais justa.

Neste momento, diversos feridos estão se dirigindo ao hospital para serem atendidos. Além disso, a companheira Indianara, moradora da Ocupação Eliana Silva, militante do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) e funcionaria da Gabinetona (vereadoras Cida Falabela e Aurea Carolina) está presa na Central de Flagrantes do Barreiro sob acusação de desacato. Ela é mantida algemada pelo Sargento Wagner, mesmo com os protestos do advogado presente. Esse é o cotidiano da periferia que não muda no carnaval.

Denunciamos esta repressão absurda e desproporcional, exigimos a soltura imediata de Indianara e punição para o comando da PMMG que autorizou essa barbaridade.

O governador Fernando Pimentel (PT), comandante da PMMG, deve se posicionar contra esse absurdo e punir os PMs envolvidos em todos essas graves violações.

Amanhã, falaremos das alegrias desse dia que foram muitas. Apesar de tamanha violência, a felicidade prevalecerá!

#LiberdadeParaIndianara
#ChegaDeRepressaoPolicialContraOsPobres
#EuQueroOFimDaPoliciaMilitar
#carnavalDeBhÉDeLuta

Nota da coordenação do bloco

Comentários no Facebook

Post A Comment