Pular para o conteúdo
Especiais
array(1) { [0]=> object(WP_Term)#9650 (10) { ["term_id"]=> int(4308) ["name"]=> string(46) "31 M contra a Reforma da Previdência de Temer" ["slug"]=> string(45) "31-m-contra-a-reforma-da-previdencia-de-temer" ["term_group"]=> int(0) ["term_taxonomy_id"]=> int(4308) ["taxonomy"]=> string(9) "especiais" ["description"]=> string(0) "" ["parent"]=> int(0) ["count"]=> int(32) ["filter"]=> string(3) "raw" } }

31 de Março: Fortaleza vai parar

Por Nericilda Rocha, de Fortaleza, CE

O dia nacional de mobilização, 31 de abril, que está sendo chamado de “esquenta” da paralisação geral dia 28 de abril, parece que terá boa participação em Fortaleza. O ato unificado contra a reforma da previdência, trabalhista e pelo Fora Temer, é convocado pela Frente Brasil Popular, Frente Povo sem Medo, CUT, CTB, CSP-Conlutas e o Bloco de Esquerda composto pela Insurgência, PCB, MAIS, NOS, Comuna e LSR.

O ato contará com a participação de várias categorias mas certamente, a maior presença será dos professores da rede estadual que já anunciaram a paralisação e participação no ato de mais de 50 escolas e professores municipais em greve. Também é esperada a participação dos trabalhadores da construção civil, ainda que estes estejam trabalhando para paralisar totalmente no 28 de abril. Servidores federais e municipais também são esperados com forte presença no ato do 31 de março. 

A Frente Povo sem Medo realizou plenária de organização do ato e o Bloco de esquerda reuniu mais de 40 ativistas e militantes em plenária para organizar a participação no ato do 31. Talvez o ato seja menor que o do dia 15 de março porque muitas categorias estão concentrando forças para o dia 28 de abril, mas certamente será um ato grande e que acumula para a preparação em abril.

31 de março: ATO na Praça da Bandeira às 15 horas

Confira os locais dos atos por todo o país