Pular para o conteúdo
Especiais

Reforma da Previdência: Abaixo-assinado e cartilha serão lançados nesta quinta (4), em ato em São Paulo

Da redação, com informações da CSP-Conlutas

Como parte do calendário de ações contra a Reforma da Previdência, as centrais sindicais e as frentes de luta lançam nesta quinta-feira (4), em São Paulo, uma campanha nacional de abaixo-assinado que cobra o arquivamento da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 06/2019, da reforma da Previdência.

A campanha é lançada pelas dez centrais sindicais (CUT, Força Sindical, CTB, CSP-Conlutas, Intersindical, NSC, UGT, CSB, Intersindical CCT e CGTB) e pelas Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.

O ato está marcado para às 10 horas, na Praça Ramos, na região central de São Paulo. Na manifestação, também haverá o lançamento de uma cartilha informativa sobre os ataques contidos na reforma da Previdência do governo Bolsonaro, e será divulgada a calculadora elaborada pelo Dieese, que permite ao trabalhador calcular sua aposentadoria pelas regras atuais e como ficaria caso as mudanças propostas pelo governo venham a ser aprovadas.

A orientação é que essas iniciativas sejam reproduzidas em todos os estados e regiões a partir desta semana.

Calendário

Entre as próximas atividades definidas, está uma concentração no aeroporto de Brasília no dia 16 de abril, para pressionar os deputados a se posicionarem contra a Reforma da Previdência. A iniciativa é uma entre várias para pressionar os parlamentares, após a crise anunciada entre o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o presidente Jair Bolsonaro, e também se contrapõe a ofensiva de empresários, que nesta semana, anunciaram que instalarão um escritório em Brasília para fazer lobby junto aos deputados,

O calendário unificado prossegue com o apoio e participação na greve nacional da Educação, programada pelos professores da rede pública para 24 de abril, e com atos unificados no dia 1º de Maio, em todo o País, rumo à greve geral.