Centrais Sindicais anunciam luta em 2019 contra desmonte da Previdência Social

Da Redação

As Centrais Sindicais CSB, CTB.CUT, Força Sindical, Nova Central, CSP – Conlutas, Intersindical e CGTB se reuniram nesta terça-feira (15) para discutir iniciativas contra propostas que impactam na Previdência Social Pública já anunciadas pelo governo de Jair Bolsonaro. Como resultado, divulgaram a realização de uma plenária unitária em defesa da Previdência para o dia 20 de fevereiro. Ainda, indicaram a realização de assembleias estaduais para construir mobilizações e formas de luta e não descartaram a realização de greves e paralisações.

Leia a íntegra da nota das centrais:

Centrais orientam luta em 2019

Reunidas nesta terça (15), as centrais sindicais (CSB, CTB.CUT, Força Sindical, Nova Central, CSP – Conlutas, Intersindical e CGTB) reafirmaram sua posição contrária a qualquer proposta de reforma que fragilize, desmonte ou reduza o papel da Previdência Social Pública.

Centrais Sindicais Brasileiras decidem:

– Realização de “Plenária Unitária das Centrais em defesa da Previdência e contra o fim da aposentadoria” no dia 20 fevereiro;

– Orientar a realização de plenárias estaduais e assembleias de trabalhadores para construir a mobilização, decidirem formas de luta, greves e paralisações, para enfrentar as propostas do governo e alertar os trabalhadores sobre a nefasta proposta de reforma da Previdência e ataques à aposentadoria;

São Paulo, 15 de janeiro de 2019

Vagner Freitas, Presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT)

Miguel Torres, Presidente da Força Sindical

Adilson Araújo, Presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB)

Antônio Neto, Presidente Interino da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB)

José Calixto Ramos, Presidente da Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST)

Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical

Atnagoras Lopes, da Secretaria Executiva Nacional da CSP-CONLUTAS

Ubiraci Dantas, Presidente da CGTB

Diretores sindicais Sirlene Maciel e Richard Araújo falam após reunião das Centrais: 

Foto: CTB

Comentários no Facebook

Post A Comment