Assembleia na Volks vota paralisação contra reforma da Previdência



Na manhã desta quinta-feira, 01, os trabalhadores da Volkswagen de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, pararam por três horas a produção para reivindicar melhores condições de trabalho.

A assembleia também teve como um dos centros organizar a luta contra a reforma da Previdência que o governo golpista de Temer pretende colocar em votação no dia 19. As trabalhadoras e trabalhadores votaram por unanimidade a paralisação da produção neste dia, contra este ataque que afeta toda a classe trabalhadora e as gerações seguintes.

O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que por muitos momentos se colocou como vanguarda nas lutas por direitos trabalhistas e sociais, deve  colocar todo seu peso histórico para barrar mais este passo do golpe contra a classe trabalhadora. É necessário preparar as bases em uma grande mobilização que pare as as fábricas, bancos, escolas, comércio e transporte contra mais este episódio do golpe em curso dos patrões contra os trabalhadores e o povo pobre.

Comentários no Facebook

Post A Comment