Pular para o conteúdo
Especiais
array(1) { [0]=> object(WP_Term)#20831 (10) { ["term_id"]=> int(4302) ["name"]=> string(23) "Greve Geral 28 de abril" ["slug"]=> string(23) "greve-geral-28-de-abril" ["term_group"]=> int(0) ["term_taxonomy_id"]=> int(4302) ["taxonomy"]=> string(9) "especiais" ["description"]=> string(0) "" ["parent"]=> int(0) ["count"]=> int(87) ["filter"]=> string(3) "raw" } }

Nasce comitê contra as reformas, na Zona Sul de São Paulo

Por: Beatriz Benetti, de São Paulo, SP

A periferia da cidade de São Paulo é onde mora a maioria da classe trabalhadora mais afetada pelos problemas da cidade, como falta de transporte, saúde, educação, saneamento básico. A partir desse consenso e sabendo que estes mesmos trabalhadores serão os mais afetados pela reforma trabalhista e da previdência é que foi criado o comitê contra as reformas da Zona Sul de São Paulo.

A primeira reunião ocorreu no dia 12 de abril, na Paróquia Santo Mátires e contou com a presença de cerca de 40 entidades, representando movimentos de cultura, associação de moradores, movimentos sindicais e de luta pela educação.

A reunião ficou marcada pela necessidade da unidade de todos os movimentos para resistir aos ataques do governo Temer e tirou um importante calendário para a construção da greve geral do dia 28 de abril na região da Zona Sul.

Assista ao vídeo