Pular para o conteúdo
Especiais
array(1) { [0]=> object(WP_Term)#9672 (10) { ["term_id"]=> int(4308) ["name"]=> string(46) "31 M contra a Reforma da Previdência de Temer" ["slug"]=> string(45) "31-m-contra-a-reforma-da-previdencia-de-temer" ["term_group"]=> int(0) ["term_taxonomy_id"]=> int(4308) ["taxonomy"]=> string(9) "especiais" ["description"]=> string(0) "" ["parent"]=> int(0) ["count"]=> int(32) ["filter"]=> string(3) "raw" } }

Zona Sul de São Paulo se aquece para paralisação do dia 31 de Março

Por Nana Caetano, de São Paulo, SP

A manhã de hoje começou com um ato de professores e coletivos em defesa da Escola Pública e contra a Reforma da Previdência. Juntamos trabalhadores da educação Municipal e Estadual em greve com a Sociedade Santos Mártires e o Coletivo Educação e Cultura Periféricas.

Recebemos uma delegação das ocupações do MTST da Zona Sul. Os movimentos culturais da região e o Sarau da Cooperifa também trouxeram seu salve com poesias e protestos contra o prefeito Dória, contra a retirada dos grafites que cercavam de vida a Diretoria de Ensino do Campo Limpo.

O padre Jaime, conhecido ativista da região do Jardim Ângela veio dizer seu não às reformas que retiram direitos dos trabalhadores. Também esteve presente o deputado estadual pelo PSOL, Gianazzi.

Entramos no Terminal João Dias com o coro Fora Temer ecoando. Dessa vez não foi difícil entrar com o carro de som num terminal de ônibus. Afinal, não encontramos ninguém que queira este golpista como presidente.

Terminamos o ato com um animado 1, 2, 3, 4, 5 mil, é contra as reformas que paramos o Brasil. Amanhã a Avenida Paulista nos espera!

Sairemos em diversos ônibus das escolas e ocupações para nos juntarmos a este Dia Nacional de Paralisações , a Frente Povo Sem Medo e fazer um grande esquenta para a Greve Geral do 28 de abril.

Fotos: Professor Claudinei