URGENTE | Ocupação Marião, em Contagem, sofre ação de despejo

Da Redação

Cerca de 40 famílias da Ocupação Marião foram despejadas, neste momento, pela Guarda Municipal da Prefeitura de Contagem, em Minas Gerais. A ação iniciou na manhã desta quarta-feira (15), quando um oficial de justiça teria chegado junto à Guarda sem aviso prévio. De acordo com nota divulgada pela Comissão Pastoral da Terra (CPT-MG) e pelo Movimento Luta Popular, a desocupação foi violenta. Oito pessoas teriam sido detidas.

9824441d-3e33-4fdb-8b77-540138bfdece

 
A ocupação fica em um prédio do bairro Maria da Conceição, que pertencia a uma empresa e estava abandonado. Após a ocupação, ganhou função social. Nela vivem uma maioria de mulheres e crianças que sofrem com as consequências da especulação imobiliária.
 
Segundo a nota,os movimentos pedem a retirada imediata da Guarda Municipal do local, além da interrupção do despejo, que classificam como “ilegal, injusto e covarde”.  
“Não é justo e nem constitucional despejar famílias sem alternativa digna prévia e jogá-las na rua”, diz a nota.
 
Os movimentos pedem solidariedade imediata, além de apoio jurídico com a presença de advogados no local onde acontece o despejo.
Comentários no Facebook

Post A Comment