Pular para o conteúdo
MUNDO

Solidariedade ativa internacional: campanha por Polo e pela Señal 3 La Victoria

Conhecido como Polo, Luis Alberto Lillo Bettancourt é um militante chileno de trajetória reconhecida e ilibada, tendo resistido e combatido corajosamente a ditadura pinochetista. Polo é fundador e diretor de um importantíssimo trabalho de comunicação social e solidariedade ativa na periferia de Santiago, o Canal 3 La Victoria – mais antiga iniciativa de comunicação popular de Santiago, e que hoje é uma televisão digital que alcança inúmeras comunas na cidade, sempre denunciando e mostrando aquilo que a grande mídia esconde.

Polo sofre de uma doença rara irreversível cujo tratamento somente é acessível aos milionários daquele país. Proveniente das fileiras do proletariado, Polo e sua família não têm condições de arcar com os vultuosos custos.

Na melhor tradição comunista internacionalista, nos somamos a essa campanha de solidariedade, tão necessária nos tempos sombrios em que vivemos.

Abaixo, reproduzimos o comunicado da Señal 3 La Victoria sobre Polo e as instruções de como contribuir.

“CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE COM POLO, SUA FAMÍLIA E A SEÑAL 3 LA VICTORIA”

6 de novembro de 2020

Informamos a comunidade nacional e internacional que hoje a Señal 3 La Vitória se encontra no dever, juntamente com continuar a informar a população, de acompanhar e solidarizar com o nosso companheiro Diretor Luis Alberto Lillo Bettancourt, conhecido como POLO, e a sua família. Polo está afetado por uma grave doença, que a partir de agora trazemos a conhecimento público, para esse mesmo povo que o conheceu na sua luta permanente, frontal e corajosa contra a ditadura e contra as injustiças sociais.

O papel de Polo na Señal 3, como diretor, deixa-nos um vazio enorme, que temos que suprir no mais curto prazo. Os desafios da Señal 3 La Victoria são grandes, e vamos enfrentá-los com força e dedicação.

POLO sofre de ELA, Esclerose Lateral Amiotrófica, doença degenerativa irreversível, que só pode ser retardada minimamente quanto aos seus sintomas e efeitos. As despesas com saúde mental e médica são muito altas, e, por enquanto, ultrapassam 800.000 pesos chilenos (cerca de 4.000 reais por mês), que vão aumentar mensalmente.

Nenhuma família popular pode enfrentar essas despesas: nem o sistema de saúde pública o cobre, nem mesmo a saúde particular através das ISAPRES (planos de saúde chilenos). Só mesmo os mais ricos do nosso país, esses mesmos que vivem nos bairros que votaram pela rejeição à mudança constitucional, podem transferir o afetado por ELA para o melhor centro hospitalar localizado na Europa, e com os seus salários milionários pagar altíssimos custos.

Apelamos à solidariedade internacional com base em doações para a conta bancária da esposa de Polo:

Banco do Chile. Conta corrente: 004070021308. Rut: 10.860.595-2.

Nome: Guadalupe González Gomez.

INBOX: lupe5575@gmail.com

Assunto: SOLIDARIEDADE COM POLO, SUA FAMÍLIA E SINAL 3.

Transferências internacionais podem ser feitas pelo Western Union, para maiores instruções contactar por email.

Qualquer quantia contribuída é muito importante, porque até 50 reais doados por muitos chegam a números totais que podem ajudar imensamente a atenuar a situação dramática de POLO e sua família.

Continuaremos com a programação do canal 47.1, e com as inserções que fazemos nas redes sociais para continuar a comunicar o que acontece no nosso país, e denunciando os fatos que atentam contra os direitos das grandes maiorias nacionais.

Saudações gratas, fraternais, anticapitalistas e antifascistas, desde La Victoria.

SEÑAL 3 LA VICTORIA 47.1″.

Marcado como:
chile / Solidariedade