Pular para o conteúdo
Especiais
array(1) { [0]=> object(WP_Term)#8877 (10) { ["term_id"]=> int(4533) ["name"]=> string(80) "Novembro Negro - governo Bolsonaro e os desafios para a questão negra no Brasil" ["slug"]=> string(77) "novembro-negro-governo-bolsonaro-e-os-desafios-para-a-questao-negra-no-brasil" ["term_group"]=> int(0) ["term_taxonomy_id"]=> int(4533) ["taxonomy"]=> string(9) "especiais" ["description"]=> string(0) "" ["parent"]=> int(0) ["count"]=> int(11) ["filter"]=> string(3) "raw" } }

20 de novembro – Dia da Consciência Negra

Rielda Alves, do Maranhão

Hoje, 20 de novembro, não é feriado no Maranhão, o estado com um dos maiores contingentes de população negra do país, quase 70%. No Maranhão, comunidades quilombolas estão sob o risco de serem desalojadas por conta da expansão da base de Alcântara, com o aval do Governo do Estado, e as comunidades sequer foram consultadas.

Na capital, São Luís, a comunidade de Cajueiro foi violentamente despejada do seu território para dar espaço à construção de um porto privado da empresa WPR São Luís Gestão de Portos e Terminais Ltda.

Na última quarta-feira (13), o IBGE divulgou nova pesquisa, onde revela enorme disparidade entre a população branca, parda e negra no estado. Em 2018 (ano da pesquisa), a população branca que reside no estado recebia 36% a mais que as pretas ou pardas. Na informalidade, o maranhense apresenta média bem maior que a nacional. Cerca de 58% dos brancos e 66% dos negros possuíam ocupação informal.

No Maranhão, o Tribunal de Justiça do estado acatou a ação ajuizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado, com apoio da Associação Comercial e Federação das Indústrias e revogou o feriado de 20 de novembro, instituído como feriado estadual, através da lei nº10.747 de 2017.

Não há trégua!

Nesse 20 de novembro, mais que rememorar a história de Zumbi, Dandara, Luiza Mahin e a luta do nosso povo contra a sociedade escravista, temos que dar seguimento ao legado de enfrentamento e resistência.

Punhos cerrados e cabeça erguida!