Pular para o conteúdo
Especiais

Documentário contará crime da Vale

Por: Lucas Scaldaferri, de Salvador, BA

O crime cometido pela Vale, em Brumadinho, no estado de Minas Gerais, ainda está presente na memória de todos os brasileiros. A ganância da mineradora custou a vida de 166 pessoas (outras 147 ainda estão desaparecidas segundo os bombeiros) e danos ambientais irreparáveis.

A história trágica do rompimento da barragem de Brumadinho precisará ser lembrada para que não aconteça nunca mais. As vidas ceifadas pela lama devem ser homenageadas e os representantes da administração da Vale culpados, precisam ser apresentados como os criminosos que são. Contar essa historia é dever dos de baixo, daqueles que não se dobram para os poderosos.

É este o intuito do novo trabalho dos documentaristas Carlos Pronzato e Richardson Pontone. Desde do dia 25 de janeiro deste ano, em meio à dor e à lama, Pronzato, Pontone e Denise Belo, que assina a direção de campo, estão a registrar as vozes das testemunhas atingidas pelo atentado da Vale.

O documentário “Lama: o crime Vale no Brasil” traz, ainda, depoimentos de especialistas, militantes dos movimentos sociais e representantes de órgãos oficiais. Como toda a produção independente, o documentário, para se concretizar, precisa da contribuição voluntária de todas as pessoas indignadas com o crime de Brumadinho.

Para ajudar nessa luta é fácil, contribua:

Banco do Brasil
Agência: 0346-8
Conta Corrente: 222.567-0
CPF: 512.741.245-49

Foto: Isis Medeiros