Um ano sem Humberto Belvedere

José Carlos Miranda

José Carlos Miranda foi ferroviário e metalúrgico. Ativista dos movimentos sociais desde os anos 1981, é da Coordenação Nacional da Resistência/PSOL, membro do Conselho Curador da Fundação Lauro Campos (PSOL) e da Direção do PSOL-SP

Neste momento de uma complexa e desafiadora conjuntura, completou-se um ano que perdemos o camarada Humberto Belvedere, o “Bel”, como a maioria o chamava.

Há um ano deixamos de ter suas análises, sua experiência, seu ótimo humor nas condições mais adversas, mas tenho a certeza que mantemos seu legado. Conversei com ele na véspera de seu falecimento, já era noite e ele nesta conversa estava muito animado com as discussões que iniciamos com o MAIS e com as grandes possibilidades que se abriam para fazer o que não foi possível na antiga organização que militamos. Nesta conversa eu compartilhava este mesmo otimismo, mas insistia para deixarmos essa conversa para depois, pois ele precisava poupar energias para se recuperar. Essa foi a última vez.

Foram mais de 50 anos de vida dedicados a luta dos explorados e oprimidos. Da militância na juventude nos anos 1960, do exílio no Chile, da guerrilha contra a ditadura, a prisão nos cárceres da ditadura a fundação do PT e a defesa do Trotskysmo, a constituição de nossa pequena organização em 1 de maio de 2017, o M-LPS até o início das discussões com o MAIS que resultaram em nossa fusão com a Resistência.

Também neste último fim de semana participei da 1ª reunião da Coordenação Nacional da Resistência-PSOL, corrente política que nasceu da unificação do MAIS (Movimento Alternativo Independente e Socialista, ruptura do PSTU em 2016) e a NOS (Nova Organização Socialista) e neste fim de semana votou por unanimidade a unificação com a nossa antiga organização.

Debatendo importantes temas foi uma rica e democrática discussão que seguramente armaram a Resistência para enfrentar a conjuntura e o próximo período da luta de classes, ajudando na campanha de Boulos e Sonia para Presidente, construindo o PSOL, na luta por Lula Livre e Justiça para Marielle e Anderson. Avançando no combate pela reorganização da esquerda, na via da construção de uma alternativa socialista e revolucionária no Brasil e no mundo.

Camarada Bel, seu legado está aqui, vivo e animando nossa luta.

Humberto Belvedere, Presente! Hoje e Sempre!