Pular para o conteúdo
Especiais
array(1) { [0]=> object(WP_Term)#20768 (10) { ["term_id"]=> int(4211) ["name"]=> string(41) "Lateral Esquerda - Cobertura da Copa 2018" ["slug"]=> string(39) "lateral-esquerda-cobertura-da-copa-2018" ["term_group"]=> int(0) ["term_taxonomy_id"]=> int(4211) ["taxonomy"]=> string(9) "especiais" ["description"]=> string(0) "" ["parent"]=> int(0) ["count"]=> int(69) ["filter"]=> string(3) "raw" } }

Uruguai vence Rússia por 3 a 0 e ganha liderança do Grupo A

Por Daniela Belarmino, para o Lateral Esquerda

Dupla Suárez-Cavani garante vitória da seleção Celeste

O primeiro país a sediar uma Copa do Mundo, Uruguai, bateu a atual anfitriã Rússia por 3 a 0, na manhã desta segunda-feira e ficou com a liderança do Grupo A. Com gol de Suárez e um contra de Cheryshev no primeiro tempo e Cavani marcando na segunda etapa, os uruguaios colocaram a seleção russa em seu lugar e mostrou sua grandiosidade no futebol. Rússia perdeu a chance de fazer a melhor campanha em fase de grupos de um país sede na Copa do Mundo, já que vinha de duas vitórias por goleada – 5 a 0 contra Arábia Saudita e 3 a 1 em cima do Egito.

A Celeste tomou conta do primeiro tempo do jogo. Em uma cobrança de falta aos 10 minutos, Suárez chutou debaixo da barreira no canto direito do goleiro russo, que não teve chance de defesa e o time sul-americano abriu o placar do confronto. Em seguida, a Rússia reage e leva perigo ao gol de Muslera, que faz uma linda defesa após um chute de Cheryshev.

Aos 22 minutos, após cobrança de escanteio ser afastada pela defesa anfitriã, a bola sobra para Diego Laxalt que chuta de fora da área e desvia em Cheryshev, fazendo o goleiro sair do lance e resultando no segundo gol uruguaio. O juiz marcou gol contra do camisa 6 da Rússia.

O que parecia que não poderia piorar à Rússia, piorou. Aos 36 minutos, em uma tesourada feita por Smolnikov em cima de Laxalt, resultou na expulsão do jogador russo, o qual já tinha levado um cartão amarelo há menos de 5 minutos em uma falta em cima de Cavani.

No segundo tempo, mesmo com um a menos, a Rússia conseguiu equilibrar o jogo no início do período, mas isso durou pouco. O Uruguai apertou a defesa russa durante o restante do jogo, contudo as finalizações não resultavam no balançar nas redes. O terceiro gol foi surgir só aos 44 minutos da segunda parte, com Cavani que depois de dezenas de tentativas, conseguiu marcar de cabeça o primeiro gol dele nesta Copa do Mundo.

Os adversários das oitavas de final serão definidos nesta tarde. Portugal e Espanha têm quatro pontos e disputam a primeira colocação do Grupo B. Os Uruguaios pegam o segundo colocado, enquanto os russos o primeiro.

EGITO E ARÁBIA SAUDITA

Já desclassificados, Egito e Arábia Saudita cumpriram tabela pelo Grupo A. Se durante a Guerra Civil do Iêmen do Norte, quando em 1962 forças republicanas apoiadas pela União Soviética e Egito se insurgiram contra a monarquia reinante, a qual tinha apoio da Arábia Saudita, o grupo do Egito venceu, no futebol desta Copa do Mundo, foi o time árabe quem levou a melhor. A partida terminou 2 a 1 para os árabes com gol de Salman e Salem. O único do Egito foi marcado pelo craque do Liverpool, Salah, que chutou de cobertura para o fundo das redes.

Vale destacar que neste jogo houve um recorde de idade entre os participantes de todas as Copas do Mundo. O goleiro do Egito Essam El-Hadary tem 45 anos e é o jogador mais velho a disputar um mundial. A torcida egípcia se mostrou orgulhosa a cada vez que Essam defendia na partida.

Mais sobre a cobertura da Copa do Mundo na Rússia no Lateral Esquerda: http://esquerdaonline.com.br/a-lateral-esquerda