Reforma da Previdência: Minha avó e o Silvio Santos



Por: Silvia Ferraro, colunista do Esquerda Online

Esta, da foto ao lado, é minha avó. Ela morreu com 97 anos há três anos. Filha de italianos que vieram para o Brasil trabalhar na lavoura de café substituindo a mão de obra escrava. Desde pequena, trabalhava na roça. Nunca pôde estudar. Era analfabeta. Conseguiu fazer o antigo mobral para aprender a assinar o nome. Foi esta mulher que me criou. Quando meus pais se separaram, eu tinha dois anos e ela passou a ser responsável legal por mim. Trabalhou como cozinheira a maior parte da sua vida, mas também foi empregada doméstica e babá. Sempre ganhou um salário mínimo e era com este dinheiro que ela me sustentava.

Minha avó separava, do pouco dinheiro que ela ganhava, um tanto para pagar o carnê da Previdência, naquela época chamava INPS. O outro carnê que ela pagava todo mês era o do Silvio Santos, o carnê do Baú da Felicidade.
Minha avó, como a maioria das mulheres trabalhadoras e pobres deste país, eram fã do Silvio Santos. Confesso que quando eu era pequena eu também era e não perdia o programa ‘Boa noite Cinderela’. Meu sonho era ganhar aqueles presentes que eu nunca poderia comprar.

De tempos em tempos eu ia com a minha avó trocar os carnês do Baú por brindes nas lojas do Silvio Santos. Eram produtos baratos, com bem menos valor do que o tanto que a minha avó pagava naqueles carnês.

Minha avó conseguiu se aposentar com um salário mínimo. Depois que meu avô morreu, ela passou a receber a aposentadoria dele também. Se não fosse isso, não teria sobrevivido, pois chega uma hora que já não se consegue mais trabalhar.

Eu queria muito que a minha avó estivesse viva para eu dizer a ela que o Silvio Santos agora está a favor de uma Reforma da Previdência que vai acabar com a possibilidade das mulheres, como ela, se aposentarem com 60 anos e acumularem a aposentadoria dos seus cônjuges. Eu queria que a minha avó ficasse com raiva do Silvio Santos e se arrependesse de todo dinheiro que ela deu para encher o Baú dele de dinheiro. Ela e mais tantas mulheres que recebem salário mínimo neste país!

Vídeo

Comentários no Facebook

Post A Comment