Judith Butler é atacada por conservadores no Aeroporto de Congonhas

Por Lu Araújo, de Maceió, AL

Há poucas horas, ao tentar embacar no aeroporto de Congonhas, Judith Butler foi atacada por conservadores que planejavam a sua agressão. Um vídeo divulgado no Estadão mostra um pouco sobre o desenrolar dos fatos. Se não bastasse, na última terça vimos mais uma cena bizarra protagonizada pelos seguidores de Bolsonaro e fundamentalistas evangélicos. Radicais de extrema-direita protestaram contra a realização do colóquio protagonizado por Judith Butler, em mais uma clara tentativa de censura. O que observamos, após uma série de aprovações sucessivas da lei da escola sem partido, a remoção do debate de gênero dos planos municipais e estaduais de educação e os recentes ataques à cultura Queer, é que há uma tendência de debate ideológico incipiente, com a finalidade de promover a cultura de ódio se propagando muito rapidamente em nosso país.

As mentiras contadas pelos conservadores que chegaram a dizer de forma desonesta e imbecil que debater gênero é promover a pedofilia e a zoofilia, chega em uma fase de completos absurdos que ameaça a pouca democracia que temos no Estado brasileiro. Enxergar o gênero como uma construção social é possibilitar que as pessoas trans e queers tenham direito aos seus corpos e identidades, não reconhecendo as variações na sexualidade e identidade sexual humana como doença.

Embora eu tenha algumas críticas à forma como Butler propõe a solução para o fim das opressões, uma vez que eu acredito que deva partir da luta pela transformação social e pela extinção das bases materiais que nutrem as opressões no sistema capitalista, nesse momento, é dever da esquerda promover uma campanha contra a ideologia conservadora e machista propaganda pela extrema direita e com isso partir em defesa da democracia e de Judith Butler.

Não permitiremos que os poucos direitos dos oprimidos sejam retirados! Fora bancada evangélica e Bolsonaro do Congresso! Judith Butler é bem vinda ao nosso país! Punição imediata para os agressores fascistas!

Confira o vídeo com a agressão à Judith Butler

 

Comentários no Facebook

Post A Comment