Pular para o conteúdo
Especiais
array(1) { [0]=> object(WP_Term)#20779 (10) { ["term_id"]=> int(4301) ["name"]=> string(44) "30 de junho de greves, atos e paralisações" ["slug"]=> string(41) "30-de-junho-de-greves-atos-e-paralisacoes" ["term_group"]=> int(0) ["term_taxonomy_id"]=> int(4301) ["taxonomy"]=> string(9) "especiais" ["description"]=> string(0) "" ["parent"]=> int(0) ["count"]=> int(46) ["filter"]=> string(3) "raw" } }

Altemir Cozer continua preso, exigimos sua liberdade imediata

Por Lucas Fogaça, de Sapucaia, RS

Faz 24 horas que o professor e ativista dos movimentos sociais Altemir está injustamente privado de sua liberdade. Apesar de ontem às 19 horas termos conseguido despacho revogando a prisão temporária, até agora Altemir segue preso. A empresa que administra os presidios nao emitiu as guias necessárias para a concretização da liberdade.

Os advogados estão mobilizados e conseguiram conversar com Altemir. Até aquele momento ele estava bem, não havia sofrido nenhuma agressão física e tinha tido acesso à alimentação.

Estamos de vigília em frente ao Presidio Central. A manutenção da rede de solidariedade é muito importante. Estamos divulgando nas redes sociais, em especial na página Esquerda Online atualizações. Quem puder aparecer para somar na vigília é muito importante pois tem um valor político e de apoio moral na possível recepção à Altemir, sobretudo porque muitos de seus amigos, camaradas e familiares trabalham nesse sábado pela manhã.

Mais informações pelos números 51 993179807 – Matheus Gomes
51 992410525 – Lucas Fogaça

Professora Martina Gomes