Pular para o conteúdo
Especiais
array(1) { [0]=> object(WP_Term)#20833 (10) { ["term_id"]=> int(4301) ["name"]=> string(44) "30 de junho de greves, atos e paralisações" ["slug"]=> string(41) "30-de-junho-de-greves-atos-e-paralisacoes" ["term_group"]=> int(0) ["term_taxonomy_id"]=> int(4301) ["taxonomy"]=> string(9) "especiais" ["description"]=> string(0) "" ["parent"]=> int(0) ["count"]=> int(46) ["filter"]=> string(3) "raw" } }

Greve Geral: Trensurb vai parar no dia 30 de junho

Fonte: Sindicato dos Metroviários do Rio Grande do Sul

Contra as reformas da Previdência e da Legislação Trabalhista, contra as privatizações e pelo Fora Temer, os metroviários do Rio Grande do Sul, reunidos em assembleia extraordinária nesta quarta-feira, 21, decidiram aderir à greve geral convocada para o próximo dia 30.

Barrar as reformas e as privatizações, bem como exigir o afastamento do presidente Temer (PMDB), é o desafio colocado para os trabalhadores brasileiros na atual conjuntura. Os ataques a conquistas históricas da classe trabalhadora e ao direito de se aposentar precisam ser interrompidos.

Os metroviários também paralisarão as atividades pelo reajuste salarial da categoria. Nas reuniões de negociação, a empresa aceitou renovar as cláusulas sociais, mas a proposta de reajuste é zero. A categoria exige, no mínimo, a reposição da inflação medida pelo IPCA, que é de 4,08%.

Entre os motivos para adesão à greve ainda está o deliberado sucateamento da empresa visando a sua concessão para a iniciativa privada e o consequente aumento no valor da tarifa. Exemplos do sucateamento são as sucessivas falhas no sistema, como as que interromperam o serviço na terça-feira, 20, a falta de funcionários e de investimentos nas estações e na via. A escada rolante da estação Unisinos está fora de operação acerca de sete anos.

O Sindimetrô/RS distribuirá, nos próximos dias, materiais à categoria e aos usuários explicando os motivos da paralisação. Uma plenária no próximo dia 28, aberta à participação de outras categorias, irá avaliar o movimento e preparar o dia de greve. O encontro será na sede do sindicato, às 18 horas.