Pular para o conteúdo
Especiais
array(1) { [0]=> object(WP_Term)#9646 (10) { ["term_id"]=> int(4308) ["name"]=> string(46) "31 M contra a Reforma da Previdência de Temer" ["slug"]=> string(45) "31-m-contra-a-reforma-da-previdencia-de-temer" ["term_group"]=> int(0) ["term_taxonomy_id"]=> int(4308) ["taxonomy"]=> string(9) "especiais" ["description"]=> string(0) "" ["parent"]=> int(0) ["count"]=> int(32) ["filter"]=> string(3) "raw" } }

31 de Março em Natal: Confira os protestos contra as reformas de Temer

Por Felipe Nunes, de Natal, RN

O dia 31 de março, convocado para está sexta-feira pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, como “Dia de Mobilização contra a Reforma da Previdência e em Defesa dos Direitos”, pretende mobilizar as cidades de todo o país. No Rio Grande do Norte, a greve dos trabalhadores em educação tendo como centro a luta contra a Reforma da Previdência convocada pelo CNTE já dura mais de 2 semanas, com passeatas nos principais bairros da cidade e mobilização das escolas, onde o MAIS participa ativamente com sua militância e a professora Amanda Gurgel.

Para o dia 31 está programado um grande ato às 15h em frente ao shopping Midway, na Avenida Salgado Filho, uma das principais da cidade. Diversas categorias irão paralisar suas atividades nesta sexta, entre elas os servidores da saúde, trabalhadores do IFRN e UFRN, além dos professores(as) em greve. Além disso, estão convocado o ato, diversas centrais sindicais (CUT,CTB,CSP-CONLUTAS), a Frente Potiguar em Defesa da Previdência que engloba vários sindicatos, organizações políticas (PT, PSOL, PSTU, MAIS, etc) e movimentos sociais.

A expectativa é que o ato do dia 31 sirva como preparação para a greve geral que está sendo convocada pelas centrais sindicais brasileiras para o dia 28 de abril. Para a professora e militante do MAIS, Amanda Gurgel “Fortalecer essa unidade é tarefa de cada um de nós, desde já começar a marcar as reuniões nos locais de moradia, estudo, trabalho, além de participar dos atos de rua”.