pastedimage_edited

Direito e (in) Justiça – Larissa Vieira e Juliana Benício

Larissa e Juliana são advogadas populares e compõem o Coletivo Margarida Alves de Assessoria Popular

“Em terra de cego, quem tem um olho é rei”. Não há melhor ditado popular capaz de refletir a razão das expectativas que a sociedade brasileira tem depositado no Poder Judiciário. Em terra em que as esperanças com o parlamento e com o Executivo vêm sendo historicamente esmagadas, o Judiciário assume o lugar de mestre e feitor da decência.

Não podemos nos esquecer, PRIMEIRAMENTE, que esse Judiciário interpreta, ou pelo menos deveria, as leis criadas pelos dois outros poderes da República. Além disso, a função de defensor incansável da moralidade segue as premissas éticas relacionadas ao individualismo e à segmentação social, premissas do liberalismo político, teoria que está na gênese de sua existência como um poder independente dos demais.

Será acertada a decisão de deixar nas mãos de um conjunto de indivíduos que ocupam lugar privilegiado na sociedade os rumos das nossas vidas? Os posicionamentos assumidos pelo Judiciário são realmente técnicos e imparciais, justificando que abramos mão de um ativismo social em favor do ativismo judicial? Essas são algumas das indagações que Juliana Benício e Larissa Vieira, advogadas populares voltadas à defesa dos direitos de trabalhadoras e trabalhadores, de comunidades atingidas por megaempreendimentos, de população em situação de rua, de mulheres, de negras e negros, pretendem responder semanalmente na coluna ‘Direito e (in) Justiça’.

28/06/2017- Brasília- DF, Brasil- O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma o julgamento da validade dos acordos de delação premiada dos sócios e executivos da empresa JBS
Foto: José Cruz/EBC/FotosPúblicas

Perda de direitos como instrumento de resgate de um combate necessário

Por: Juliana Benício e Larissa Vieira, coluna Direito e (In) Justiça Ao longo dos meses em que nos dedicamos a…
Leia Mais
previ

A luta contra a reforma da previdência: entre a essência e a aparência

Por: Juliana Benício e Larissa Vieira, colunistas do Esquerda Online “Enquanto há vida, há história”. Essa frase não é nossa, tampouco…
Leia Mais
saudehomem (1)

Direito e ética médica: o que andam ensinando nas faculdades de medicina?

COLUNA DIREITO E (IN) JUSTIÇA Por: Larissa Vieira e Juliana Benício Nesta semana, viemos falar sobre um tema que há algum…
Leia Mais
guilherme-boulos-1024x684

A Desobediência Civil é o Novo Desacato

Por Larissa Vieira e Juliana Benício Não foi por acaso que Guilherme Boulos, ao acompanhar uma reintegração de uma ocupação…
Leia Mais
idosos

A Narrativa Figurada da Reforma da Previdência

Por Larissa Vieira e Juliana Benício Para inaugurar a coluna do ano pensamos em escrever uma fábula, aproveitando sua característica…
Leia Mais
14938382_1285994561431872_6409853611849287623_n

Polícia e (in) Justiça

Por: Larissa Vieira e Juliana Benício, colunistas do Esquerda Online Em 2013 atearam fogo na lenha sob o caldeirão em…
Leia Mais
maria-filo

Maria Filó e a homenagem a Debret: naturalização da escravidão negra

Por: Larissa Vieira e Juliana Benício*, colunistas do Esquerda Online Visitando Ouro Preto, conhecendo as minas desativadas, subindo e descendo…
Leia Mais
Brasília- DF 01-06-2016 Manifestantes em frente ao STF vestem togas e usam máscaras dos ministros do Supremo, que foram simbolicamente todos queimadas em uma fogueira, durante protesto contra as arbitrariedades e misoginia da justiça brasileira.Foto: Lula Marques/ Agência PT

Nem sei o que esperar! Será?

Por: Larissa Vieira e Juliana Benício, colunistas do Esquerda Online Não sabemos o que esperar do clima, afinal, estamos na…
Leia Mais
1978850_664060683630016_7738925858021816187_n

Pode um Tribunal de homens e mulheres ricos decidir em favor de mulheres e homens pobres?

Por: Larissa Vieira e Juliana Benício*, colunistas do Esquerda Online Breves Reflexões sobre o direito à moradia e a Ocupação…
Leia Mais
photo532583130640717339

Judiciário: um poder técnico e imparcial?

Por: Larissa Vieira e Juliana Benício, colunistas do Esquerda Online Não é novidade depararmo-nos com decisões em que o Judiciário…
Leia Mais