Municipários de Porto Alegre prometem votar greve dia 29/09

Por: redação, Porto Alegre, RS.

Reunidos nesta noite de terça (5) e após os trabalhadores da rede pública estadual de ensino decretarem greve contra o parcelamento de salário e demais ataques do governador José Ivo Sartori (PMDB), cerca de 1000 trabalhadores do município de Porto Alegre avançam na organização e mobilização da categoria contra os ataques do governo Marchezan (PSDB).

A assembleia foi marcada pelo consenso de que é preciso lutar contra os ataques do governo e pela polêmica de quando era o melhor momento pra começar a greve. Após defesas de uma entrada imediata e uma proposta de uma construção para final do mês, os Municipários marcaram assembleia para dia 29 (último dia do pagamento) prometendo entrar em greve.

Os Municipários da capital gaúcha lançaram um desafio ao prefeito Nelson Marchezan Jr. (PSDB): ou o governo paga o salário integral em dia e retira os projetos que atacam o plano de carreira ou votarão greve por tempo indeterminado na próxima assembleia da categoria dia 29/9.

Martina Gomes, professora da rede municipal disse que era possível começar a greve antes, ja a partir do dia 11. Isso porque os ataques são enormes e até o fim do mês havia o risco de serem aprovados, e porque a categoria tem forças pra lutar. “Mas agora é ir com tudo na construção das atividades do calendário marcado, realizar assembleias nos locais de trabalho e conversar com a categoria e a população pra lotar a assembleia do dia 29 e fazer uma poderosa greve. A greve é muito mais do que em defesa dos servidores públicos. É em defesa dos serviços públicos como saúde e educação” completou.

Em um único som a assembléia teve um momento marcante, quando os mais de 1000 servidores presentes gritaram Fora Marchezan ao final das intervenções da assembleia.

Os servidores também tiraram um calendário de mobilização como ato no grito dos excluídos dia 7 de setembro e a participacao no dia nacional de lutas do 14/9 no Paço Municipal. Alem disso decidiram intensificar o diálogo com a população e os escrachos nos locais que o Marchezan estiver.

Conte pra nós porque você fará greve ou apoia os trabalhadores do município enviando uma mensagem, foto ou vídeo para 51 992410525. Assine o Esquerda Online pelo whats app (11) 986465160 e receba noticias diariamente no seu celular.

IMG_5102

Comentários no Facebook

Post A Comment