Casa abandonada é ocupada para atender mulheres vítimas de violência

Da Redação

O Movimento de Mulheres Olga Benário realizou a ocupação de uma casa abandonada para a construção de uma Casa de Referências para Mulheres na cidade de Mauá, em São Paulo, para atender mulheres que foram vítimas de violência.

“A vida das mulheres no sistema em que vivemos está cada vez pior, com índices de violência e estupro que só aumentam, principalmente das mulheres negras. Por esse motivo e para defender a vida das mulheres, foi organizada a ocupação, nomeada de Helenira Preta, em homenagem a Helenira Resende, mulher negra assassinada e desaparecida pela ditadura militar”, explica a página do movimento.

O movimento está pedindo solidariedade. Divulgamos abaixo:

Divulgue
Quanto mais pessoas souberem dessa luta mais força teremos para resistir.
Compartilhe no whatsapp essa mensagem. Compartilhe no Facebook os post da página Movimento de Mulheres Olga Benário–SP. O apoio popular é muito importante para não sermos despejadas!

Visite
Visite nossa ocupação para entender nossa luta e dar vida a casa. O endereço é Rua Governador Mário Covas em Mauá, enfrente à Praça 22 de Novembro, perto da estação de trem e terminal de ônibus de Mauá.

Traga mantimentos
A casa não tem recursos mínimos e necessitamos de doações.

Para cozinha: Água, Caneca, Coador de café, Garrafa térmica, Sal, Margarina, Mistura, Molho de tomate, Cebola, Alho, Fósforo.

Para casa e limpeza: Vela, Lanterna, Fios elétricos, Lâmpada.

Contribua financeiramente
Traga contribuições financeiras ou deposite na conta de apoio
Caixa Econômica Federal
Ag 1367
Op 013
Poupança 32381-1
Rafaela Carvalho Pinheiro
CPF 091.182.556-80

Realize atividades
Nos ajude realizando atividades culturais, de lazer, oficinas e debates. Quanto mais mobilização melhor para nossa luta!

Ajude nessa luta
Ela é de todas e todos nós, é por uma sociedade mais justa e igualitária, é pela vida das mulheres.

Comentários no Facebook

Post A Comment