O Frio, a morte e a cidade mais rica do país

Por: Silvia Ferraro, colunista do Esquerda Online

São Paulo tem, segundo os dados da própria Prefeitura e que podem estar subestimados, cerca de 25 mil pessoas vivendo em situação de rua. Estas pessoas já têm a saúde vulnerável devido a toda a miséria e sofrimento que passam durante toda a vida. Quando chega o frio congelante desses dias, muitas pessoas não resistem e morrem nas calçadas.

A Prefeitura só conta com 11.800 vagas em abrigos, ou seja, não existe vaga para todas as pessoas que precisam. Até agora, o único plano apresentado pela gestão do Dória foi distribuir mil cobertores na noite mais fria do ano. Mil cobertores, daquelas cobertas que nem sequer esquentam direito.

Ontem, um morador de rua foi a óbito no bairro de Pinheiros, um dos bairros mais ricos da cidade. A desigualdade social é gritante na cidade mais rica do país, em que seres humanos morrem nas ruas por falta de abrigo contra o frio. Não é o frio que mata. É a miséria, a desigualdade e a negligência do Estado.

O mínimo que a Prefeitura deveria garantir seriam vagas emergenciais em locais requisitados de forma imediata. E que as pessoas tivessem garantidos lugares decentes, com roupas e alimentação, além de poderem levar seus pertences. Muitas pessoas não querem ir para os abrigos devido ao desrespeito com suas coisas. Além disso, as pessoas que vão para os abrigos são obrigadas a levantarem às 6h e desocuparem o local.

Já existe um histórico de desrespeito da gestão Doria com a população em situação de rua, quando o prefeito autorizou através de decreto municipal, que a GCM retirasse os pertences dos moradores, até mesmo cobertores. Agora, vemos que a Prefeitura foi negligente ao saber do inverno rigoroso e não ter providenciado mais abrigos para as pessoas. Outro fato grave é que moradores da Praça da Sé foram acordados num frio de 7° com os jatos d’água da limpeza pública!!

Mais seres humanos irão morrer no dia de hoje se não forem tomadas providências imediatas. A responsabilidade é da Prefeitura de São Paulo. CIDADE TRISTE!

Foto: Reprodução/Record TV

Comentários no Facebook

Post A Comment