Reivindicação da greve dos rodoviários de Recife é julgada nesta quarta, no TRT

Da Redação

Na tarde desta quarta-feira (5), acontece a audiência no Tribunal Regional do Trabalho para decidir sobre o dissídio coletivo dos rodoviários de Recife e região metropolitana, que estão em greve desde segunda-feira (3). A categoria reivindica reajuste no salário de 7% e é contra as demissões de motoristas e cobradores.
Nesta terça-feira (4), houve uma audiência de conciliação, também no TRT, entre os patrões e os rodoviários, para discutir a greve dos rodoviários. Os patrões se mantiveram intransigentes, propondo reajuste de 4% no salário, enquanto as passagens de ônibus tiveram reajuste de 14,26% e as empresas recebem subsídio todos os meses. A categoria decidiu manter a greve.  “Eu espero que a justiça seja feita em prol dos rodoviários, que vêm sofrendo todos os dias com o caos que está o transporte público hoje”, disse o secretário geral do sindicato Josival Costa.
 
“Com toda essa intransigência dos patroes devemos nos manter mobilizados, lutando. Quero agradecer a todos os sindicatos, centrais sindicais, movimentos sociais e toda a população solidária à luta dos trabalhadores rodoviários. Muto importante a luta de todos”, ressaltou o líder da categoria, motorista membro da CSP-Conlutas Aldo Lima. “Não vamos aceitar golpes. Os culpados são os patrões e o governo de Paulo Câmara, que não vem a intervir em favor da sociedade, da população e dos trabalhadores, permitindo que os patrões continuem aumentando seus lucros”.
Vídeo
Comentários no Facebook

Post A Comment