Centrais Sindicais convocam Ocupa Brasília para o dia 24 de Maio

Por: Gibran Jordão, do Rio de Janeiro, RJ

As Centrais Sindicais (CUT, Força Sindical, CGTB, UGT, Csp Conlutas, Intersindical, NCST, CSB) reunidas nesta segunda-feira, avaliaram que a tramitação da PEC da Reforma da Previdência não vai culminar em votação na semana que vem. Além disso, consideram que há dificuldades para mobilização plena para a semana do dia 15 de maio.

Com base nessa avaliação, ajustaram em comum acordo remarcar a data de convocação de uma grande marcha a Brasilia para o dia 24 de maio.

A adequação da data é uma decisão acertada, que permite o movimento ter tempo para qualificar a participação do maior número de pessoas e, ao mesmo tempo, leva em consideração a tramitação das reformas no Congresso nacional.

Mas, queremos reforçar a necessidade urgente das centrais sindicais majoritárias de marcarem uma data para a próxima greve geral, que pare novamente o Brasil. Toda a nossa unidade precisa estar a serviço de derrotar as reformas e derrubar o governo Temer.

CALENDÁRIO ( Fonte: CSP-Conlutas)

08 a 12 de maio

– Comitiva permanente de dirigentes sindicais no Congresso Nacional para dialogar com os deputados e senadores sobre os efeitos negativos dessas reformas e também atividades em suas bases eleitorais para que votem contra a retirada de direitos;

– Atividades nas bases sindicais, com panfletagens, assembleias e outras atividades. A CSP-Conlutas desde já vai para as bases defender a continuidade dessa luta por meio de uma Greve Geral de 48 horas.

– Atividades nos aeroportos e nas bases eleitorais dos deputados e senadores para denunciar os que estão votando a favor de acabar com os direitos dos trabalhadores, e continuar esclarecendo a população sobre as reformas do governo Temer.

15 a 19 de maio

Dia 17: Vigília, no Anexo 2 da Câmara dos Deputados, às 10h. Representantes da classe trabalhadora estarão por todo o dia no Congresso Nacional para pressionar os parlamentares contra a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 287, que acaba com a Previdência Social pública.

– Nesta semana haverá categorias de trabalhadores do campo e da cidade, movimentos sociais e estudantil realizando atividades permanentes na capital federal.

Dia 24 de maio

– O #OcupeBrasília terá caravanas de todo país para realizar uma grande manifestação em Brasília contra a retirada de direitos trabalhistas e previdenciários.

Foto: CSP Conlutas

 

Comentários no Facebook

Post A Comment