19 de Abril: Dia de paralisação dos municipários em Porto Alegre contra as políticas de Marchezan/Temer

Por Davi Dietrich, de Porto Alegre, RS

O dia começou com postos fechados e importante mobilização dos trabalhadores da saúde em frente ao HPS e que, após, seguiram em caminhada para unificar com o restante da categoria em manifestação na Prefeitura. A mobilização era contra os ataques de Marchezan que inclui terceirizações, parcelamento de salário e privatizações.

Os professores estão a mais de 60 dias resistindo aos ataques que atacam o planejamento pedagógico nas escolas e aumentam a sua carga horária. O dia ainda teve o reforço de ação do Simers – Sindicato dos Médicos – que aderiu a paralisação. A Procempa, também, teve uma luta em solidariedade aos municipários.

Na parte da tarde ocorreu assembleia que reforçou a participação da categoria na greve nacional do dia 28 de Abril contra as Reformas da Previdência e Trabalhista .

Pela unidade da categoria para derrotar os ataques de Marchezan e defender a nossa aposentadoria.

Comentários no Facebook

Post A Comment